O exame de citologia anal reside na coleta células do ânus, na região interna  e externa, através de uma escovinha semelhante a usada no exame papanicolau para avaliação citológica.  O procedimento é indolor e tem como objetivo a detecção precoce do câncer de ânus ou de lesões benignas que possam ser precursoras da doença maligna.

O exame é indicado para pacientes que tenham risco aumentado para câncer de ânus como:
– HIV positivos
– Imunocomprometidos (doenças crônicas, auto-imunes ou usuários de medicamentos imunossupressores)
– Homens ou mulheres que praticam o sexo anal
– Homens e mulheres com condilomas (verrugas) anais
– Mulheres com alterações no preventivo ginecológicos
Conclusão: 
Deve ser repetido anualmente ou a cada 2 anos conforme indicação médica.
Se for encontrada qualquer alteração na citologia anal, como a presença de células que possam ser precursoras do câncer ou até mesmo um câncer não invasivo, é indicada a realização da colposcopia anal, procedimento capaz de visualizar a lesão, tratá-la e realizar a biopsia.